soneto das pernas cruzadas

.
.
.
...................... Milla Jovovich, bel´elegante,
...................... Cruzou as pernas não sei em que filme;
...................... Os olhos de gata, clara, centáurea,
...................... Mas as pernas mais que humanas, hipnóticas.
.
...................... Mais que centáurea, de aura labiríntica;
...................... Mais que labirinto humano e felino,
...................... Esfinge; "em si mesma aberta e fechada",
...................... Dada naquela beleza enlaçada.
.
...................... Mas Milla assim tão linda e lindamente
...................... Fechada, só mesmo não em cinema
...................... Mas no filme do meu sonho que tive
.
...................... Com ela; onde gata, clara, pernalta,
...................... Me imantava em silêncio no seu tempo
...................... De entrelaçadas pernas espontâneas.
......................
dez.03
.
.
.

Nenhum comentário: