imágenese

7
.
.
Uma pequena malha, feita de um feixe de metais. Dez a vinte tiras entrelaçadas formando um xadrez em relevo já que não são finas como papel. Cada abaulamento de cima brilha como prata, lisos, límpidos. Os de baixo não se veem, é como se fossem feitos de escuro, os subentende-se através das reentrâncias escuras. Aliás o conjunto está solto num breu, sugere o espaço sideral – e talvez se mova lentamente, à deriva no vácuo – e só se constata a trama pelos abaulamentos não se afastarem de si, pois bem poderiam ser topos metálicos independentes. Formaria um quadrado se não fosse esse esboço de losango surgido da falta das suas pontas: uma faca ou bruto alicate o recortou apressado, deixando-o assim, meio um quadrilátero meio outro, com alguns extremos retorcidos.
.
.
1 fevereiro 99
.

Nenhum comentário: