améliavante

.
.
.
.................. Amélia na rua, surpreende-se, não sabia que podia.
.................. De repente Amélia vai à floresta
.................. De repente Amélia em cena
.................. uma plateia se lhe oferece

.................. Se Amélia é que aprendeu, se ofereceu
.................. A cada passo, dose a dose, sensitiva
.................. Por que agora a surpresa
.................. Por que não a cena, a floresta, a via?

.................. A lua vê a rua, a vira em estrada
.................. Amélia no centro dela:
.................. Sente-se uma gávea

.
fev.98
.
.

.
.

Nenhum comentário: