doce cicuta

..
.
.
.......... Trago na mão a velha cicatriz
.......... Que não me fará esquecer
.......... O tempo de ser ou não ser
.......... Mais ou menos discernimento
.......... No inverno do nosso contentamento
..........
.......... Espalho as coisas sobre o chão de giz
.......... Onde zunem serpentes
.......... Onde serpeiam espadas
.......... Ambas amputando-se a si
.......... Reputam-se uma luta que não acaba
..........
.......... Ao contrário do que eu pensava
..........
.......... Pensei que houvesse fim
.......... Talvez haja mas não no momento
.......... No momento
.......... Qualquer peça montada
.......... Parece ser sempre Ricardo III
..........
maio.98
.
.
..
.

Nenhum comentário: