imágenese

9
.
.
Poderia se dizer um mar de ovos de galinha ou de milhares de cascas de alho jogadas, mas nem uma coisa nem outra e sim uma mistura de ambas porque: tem a métrica e curvatura de centenas de ovos alinhados – e as linhas paralelas a se perder de vista – mas cada bojo sendo da matéria fina e embaciada de sutis cascas de alho. Não são ovos de um ser alienígena nem montanhas de um outro planeta, apesar de lá no fim se ver a réstia escura da silhueta de uma cordilheira e sobre tudo, do horizonte até aqui, o céu escuríssimo da noite com minúsculas e esporádicas estrelas. São nem uma multidão de ovos de galinha nem de milhares de cascas de alho jogadas; são uma espécie de um misto de ambas.
.
.
23 março 99
.

Nenhum comentário: